Prefeitura de Goiânia lança simulador do IPTU 2016

Ferramenta disponível em site e, em breve, em aplicativo para smartphones, permite estimar valor que será cobrado nos impostos para o ano que vem

Reprodução

Reprodução

Antes mesmo da aprovação na Câmara de Goiânia do projeto de reajuste do IPTU, a Prefeitura de Goiânia lançou, nesta terça-feira (17/11), uma ferramenta que simula o valor que deve ser pago pelos proprietários de imóveis na capital em 2016. O sistema também calcula de forma antecipada o Imposto Territorial Urbano (ITU), cujo vencimento ocorre anualmente no mês de janeiro.

A ferramenta também possibilita comparação entre os valores deste e do próximo ano, informa a valorização imobiliária registrada no período e prospecta o preço dos impostos com 10% de desconto para pagamento à vista, conforme prevê a proposta enviada à Câmara na última segunda-feira (16/11).

O site e o aplicativo, que nos próximos dias será disponibilizado para download gratuito na Google Play e na Apple Store, permite ainda ter informações sobre o valor venal do imóvel, tanto o de hoje quanto o de 2016, na Planta de Valores Imobiliários.

De acordo com o secretário municipal de Finanças, Jeovalter Correia, o objetivo da ferramenta é dar mais transparência à discussão e maior embasamento informativo ao cidadão sobre um assunto que, na capital, segundo ele, acaba “contaminado por questões políticas”.

“É uma ótima forma de o próprio cidadão comparar e perceber que, mesmo se a Planta for atualizada, o preço da base de dados da prefeitura continuará muito distante do valor que é praticado no mercado imobiliário”, acrescenta o titular da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), pasta responsável pelo desenvolvimento do sistema.

Para realizar as simulações do IPTU e ITU 2016, tanto no site quanto no futuro aplicativo, basta que o cidadão informe o número da inscrição cadastral do imóvel na Prefeitura de Goiânia. Esse número pode ser encontrado nos próprios talões de pagamento dos impostos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.