Prefeitura de Goiânia inaugura serviço de bicicletas compartilhadas

Feito em parceria com a Unimed, projeto distribui 150 bikes em 15 pontos da cidade para locação. Preços começam em R$ 4 e vão até R$ 70

Foto: Bruna Aidar/ Jornal Opção

Bicicletas podem ser usadas por até 60 minutos em dias úteis e por 90 minutos aos domingos e feriados | Foto: Bruna Aidar/ Jornal Opção

A Prefeitura de Goiânia inaugurou, nesta terça-feira (20/12), na Praça do Sol, no Setor Oeste, o serviço de bicicletas compartilhadas DeBike. O projeto começa com 15 pontos da área central da cidade e vai disponibilizar 150 bicicletas para locação, 10 em cada um dos pontos.

Implantado em parceria com a Unimed, patrocinadora master do projeto, o serviço já começou a funcionar. Segundo o presidente da instituição, Dr. Sizenando da Silva, o DeBike vai de encontro ao interesse da comunidade, um dos princípios que, destaca, norteia o cooperativismo.

Além disso, ressaltou ele, a novidade pode estimular práticas mais saudáveis e contribui para a melhoria da saúde da população. “Esse tipo de parceria tem muito a ver com a Unimed Goiânia, porque nós investimos muito na promoção da saúde e melhoria dos hábitos de vida visando uma saúde melhor para a população”, defendeu ele.

Para o prefeito Paulo Garcia (PT), o DeBike se insere em uma contexto global de compartilhamento de serviços: “É uma tendência da sociedade atualmente, principalmente da faixa mais jovem da população, de compartilhar os bens e não se apropriar deles definitivamente”. “É um passo na implantação definitiva dos vários modais de mobilidade urbana que existem hoje à nosso dispor”, acrescentou.

Para ele, Goiânia tem o perfil adequado para a implantação do serviço: “Goiânia é uma cidade ideal para o cicloativismo, não tem grandes elevações e desníveis, é de clima agradável. As pessoas às vezes dizem ‘Ah, mas é tão quente’, mas é o contrário”. Na sua opinião, o crescimento da mobilidade por bicicletas é um caminho sem volta. “Hoje o cicloativismo é um passo irreversível que eu tenho a grande satisfação de ter contribuído para que ele evoluísse”, comemorou.

Questionado ainda sobre a possibilidade de que vândalos depredem as estações e as bicicletas, Paulo afirmou que eventuais danos estão previstos no contrato, vencido pela Serttel. A empresa ficará responsável pelo fornecimento de bicicletas e estações, além da manutenção do site do DeBike e do aplicativo.

Ele afirmou ainda que os níveis de depredação do patrimônio dos lugares que receberão as estações é baixo e que acredita que a população abraçará o projeto. “As pessoas se apropriam do serviço como se fosse delas, elas compreendem que esse é um veículo de locomoção importante. Há, normalmente, a degradação dos aparelhos, mas isso está previsto em contrato e há uma substituição”, disse.

DeBike

Para utilizar o serviço, é necessário baixar um aplicativo (GynDeBike em celulares Android e DeBike em iOS), se cadastrar e, depois, retirar a bicicleta. A devolução pode ser feita em qualquer dos 15 pontos. Para utilizar o serviço, é possível pagar pela diária (R$ 4), pelo mês (R$ 8), pelo semestre (R$ 35) e pelo ano (R$ 70). O pagamento é feito por cartão de crédito.

A bicicleta pode ser usada por até 60 minutos em dias úteis e por 90 minutos aos domingos e feriados. Depois desse período, é necessário esperar pelo menos 15 minutos para poder voltar a alugar a bike. Se o usuário não a devolver, paga multa de R$ 5.

Veja a lista dos primeiros 15 pontos de aluguel de bicicletas:

  1. Paranaíba: Canteiro central da Avenida Goiás, próximo ao Mercado Aberto da Paranaíba, esquina com a Avenida Paranaíba
  2. Bandeirante: Canteiro central da Avenida Goiás, em frente ao Monumento Bandeirante, esquina com a Avenida Anhanguera
  3. Praça Universitária: Estacionamento no anel interno da Praça Universitária, próximo ao Museu da Pontifícia Universidade Católica de Goiás – esquina com a Avenida Universitária
  4. Praça Cívica: Em frente ao Museu de Arte de Goiânia, esquina com a Avenida Universitária
  5. Buritis: Alameda Buritis, em frente ao Bosque dos Buritis, esquina com a Rua Gercina Borges
  6. Praça Tamandaré: Rua 07, oposto ao Banco Bradesco, esquina com a Avenida Assis Chateaubriand
  7. Lago das Rosas: Avenida Assis Chateaubriand, no canteiro central, oposto ao Posto Ipiranga, esquina com a Rua T-07
  8. Unimed: Rua T-07, na Praça Gilson Alves de Souza, esquina com a Rua T-01
  9. Praça do Sol: Rua R-09, na Praça do Sol, oposto ao Cartório Índio Artiaga, esquina com a Rua João de Abreu
  10. Bougainville: Rua 09, em frente ao Shopping Bougainville, esquina com a Rua 36
  11. Marista: Rua 15, oposto ao Centro de Diagnóstico em Radiologia, esquina com a Rua T-55
  12. Areião: Avenida Americano do Brasil, em frente ao Parque Areião, esquina com a Rua 135
  13. Ricardo Paranhos: Canteiro central da Alameda Ricardo Paranhos, oposto ao Restaurante Paim Grill, esquina com a Rua 1128
  14. Vaca Brava: Parque Vaca Brava, na Avenida T-03, oposto à Galeria Pátio do Lago, esquina com a Avenida T-10
  15. T-63: Rotatória da S-01, embaixo do Viaduto João Alves de Queiroz, próximo ao Posto Ale, esquina com a T-63

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.