Prefeitura diz que retomada de atividades em Goiânia deve acontecer de forma “segura e responsável”

Foi discutido que flexibilização do isolamento social está condicionada à situação epidemiológica de Goiânia nas datas previstas

Foto: Reprodução.

A Prefeitura de Goiânia, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), informou que a flexibilização e a reabertura do comércio estão condicionadas à situação epidemiológica na cidade nas datas previstas, para que haja a retomada das atividades de forma segura e responsável. Nesta quinta-feira, 28, representantes de vários segmentos econômicos e autoridades sanitárias estiveram em uma reunião no Paço Municipal para fazer o planejamento.

Os empresários se comprometeram a apresentar mais documentos para compor uma proposta de retomada das atividades com medidas rígidas de segurança. Mas a flexibilização só ocorrerá após apreciação e autorização do Centro de Operações Emergenciais (COE), que é formado por representantes de diversos segmentos entre eles Ministério Público, Judiciário, Conselho Municipal de Saúde e pesquisadores.

Ficou decidido que as atividades serão retomadas de forma escalonada e seguindo protocolos, normas e recomendações de prevenção à Covid-19. A ideia é elaborar um plano de reabertura por etapas, liberando primeiro os segmentos que apresentam menor risco de contágio da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.