Prefeitura de Goiânia deve fechar 2020 com 4 mil novas vagas na Educação Infantil

SME conseguiu reduzir déficit de vagas ao longo de sua gestão

Foto: Reprodução / Prefeitura de Goiânia

O município de Goiânia tem avançado na diminuição de déficit de vagas na Educação Infantil nos últimos anos. Somente em 2020, a Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) ampliou o atendimento na capital em mais de três mil vagas. No ano anterior, foram criadas duas mil vagas.

Segundo a SME, novas vagas ainda serão abertas até o final do ano, somando cerca de quatro mil vagas com a entrega de Cmeis e novas salas. “O trabalho e os investimentos da Prefeitura de Goiânia em educação não param”, destacou o prefeito Iris Rezende (MDB), ao enfatizar que os novos Cmeis vão reduzir as filas de espera em diversas regiões.

No início da atual gestão, o déficit de vagas girava entre oito e 10 mil vagas. Em 2019, esse número fechou em cerca de 6 mil. Vale ressaltar que esse a questão do déficit é muito dinâmica. Ao mesmo tempo em que entram novos alunos, outros saem, ou migram de faixa etária.

A SME destaca ainda que, mesmo com as aulas suspensas, segue com as ampliações de vagas e matriculando as crianças em lista de espera. “Temos mais cem salas modulares a serem instaladas, o que representa aproximadamente duas mil vagas em regiões distintas da capital”, afirmou o secretário de Educação, Marcelo Costa.

O prefeito Iris Rezende (MDB), por sua vez, afirma que o projeto de ampliação das vagas para atender à população goianiense está em plena execução. “A cada dia são centenas de novas vagas oferecidas às crianças e esperamos que, até o dia 31 de dezembro, se existir déficit que seja muito pequeno. Muito aquém daquele com o qual convivíamos”, assinalou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.