Prefeitura de Aparecida não sabe o que fazer com buracos nas ruas

Empresa licitada para a realização dos serviços de tapa buraco abandonou o contrato antes do prazo. Má qualidade da pavimentação foi debatida na Câmara 

Morador registrou em janeiro desde ano como ficou a rua do setor após chuva | Foto: reprodução

Enquanto os buracos aumentam e se multiplicam pela cidade, a Prefeitura de Aparecida de Goiânia não resolveu um impasse. É que a empresa vencedora da licitação para tapar os buracos nas ruas do município abandonou o contrato antes do prazo. Até uma nova licitação, a Secretaria Municipal de Infraestrutura vem realizando reparos esporádicos. Um deles foi solicitação do vereador Roberto Chaveiro para que fossem feitos reparos no asfalto da região leste de Aparecida.

Apenas um pedido e outro, no entanto, é atendido pelo secretário Mário Vilela, outras regiões ficam sem reparos nas ruas. O assunto, inclusive, rendeu críticas na sessão plenária da Câmara de Aparecida nesta quarta-feira, 9. O vereador Edinho disse, inclusive, que os problemas na malha asfáltica da cidade são inéditos, nada comparado desde que assumiu o mandato. “Do jeito que está é inadmissível”, discursou. Ele também pediu união dos parlamentares para cobrar solução da administração de Aparecida, a cargo de Gustavo Mendanha (sem partido), e contou que vistoriou 20 quilômetros da cidade. Em todo o percurso, segundo Edinho, há buracos. O vereador Marcelo da Saúde validou o colega. Ele disse que o asfalto da cidade está intransitável.

Ao tentar amenizar a cobrança do colega, o vereador Chaveiro lembrou que a empresa que realizava o serviço de tapa buracos em Aparecida abandonou o contrato. Assim, será necessário que a prefeitura faça uma nova licitação. “A Prefeitura não tem condições de atender todas as demandas na velocidade necessária até que seja contratada uma nova empresa”, defendeu. O vereador Araújo reforçou a defesa dizendo que é papel do parlamentar cobrar soluções da prefeitura, no entanto, é preciso bom senso porque o Executivo, nas palavras dele, “não conseguirá realizar o serviço em um passe de mágica”. Para ele, a requalificação do asfalto é questão de tempo.

Presidindo a sessão, o vereador Fábio Ideal disse apenas que repassará as demandas aos secretários para que sejam dadas respostas à população. O parlamentar, no entanto, não antecipou se há previsão de solução do impasse ou algum cronograma em curso.

Além dos problemas onde há pavimentação, Aparecida também sofre com um número substancial de bairros sem asfalto. Conforme mostrou o Jornal Opção, um caminhão coletor de lixo chegou a ficar atolado na lama dois dias. Desde o início da gestão de Mendanha, em 1º de janeiro de 2017, apenas 30 bairros foram pavimentados. Em termos comparativos, Maguito Vilela (MDB) asfaltou 115.

Procurada, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Aparecida disse que há uma nova licitação está em andamento e que, “até que seja finalizado o processo, a administração municipal está atuando no remanejamento de servidores para formar novamente as 10 equipes da força-tarefa de tapa-buraco.” Informou também que “a força-tarefa em toda cidade será retomada nesta sexta-feira, 11” e que os cidadãos podem “solicitar o trabalho de tapa-buraco pelos telefones: 3545-6057 e 3545-5906 (de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h30).”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.