Candidatos de processo realizado em junho do ano passado têm até a próxima terça-feira, 16, para encaminhar documentação exigida

Profissionais de saúde | Foto: Reprodução

A Prefeitura de Goiânia convocou 838 profissionais aprovados no provesso seletivo simplificado realizado em junho do ano passado. O Edital de Convocação foi publicado na edição desta quinta-feira, 11, do Diário Oficial do Município e os candidatos têm até a próxima terça-feira, 16, para apresentar documentação comprobatória referente à experiência profissional e titulação.

São profissionais de diversas especialidades que atuarão em unidades de Atenção Primária, Urgência e Emergência, parte administrativa do município, campanhas de vacinação e testagem. Entre as áreas convocadas, estão técnicos de enfermagem, enfermeiros, farmacêuticos e biomédicos, além de auxiliares de farmácia e técnicos em segurança do trabalho. Também foram convocados assistentes administrativos.  

“A contratação destes profissionais, assim como daqueles habilitados no último credenciamento para atuação em UTI e enfermarias da Covid-19, é de suma importância no reforço de nosso quadro, proporcionando atendimento de qualidade à população, especialmente no momento crítico da pandemia”, afirma o secretário municipal de Saúde, Durval Pedroso.  

 Os classificados devem acessar o link www.goiania.go.gov.br na página reservada aos Concursos e Seleções no link Processo Seletivo Simplificado Emergencial – Secretaria Municipal de Saúde – Edital nº 001/2020. Na área, precisam então fazer o upload da documentação referente à experiência profissional e titulação, conforme os itens 14.5 e 14.6 do Edital de Convocação. 

Para evitar contratempos, a diretora de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas da SMS, Camila Lucas de Souza, orienta que os candidatos não deixem o processo para a última hora. “Tanto a documentação exigida quanto a apresentada no ato da inscrição deve ser providenciada com antecedência”, frisa. 

Após análise da documentação será divulgado no site os candidatos que tiveram sua documentação deferida, estando aptos a assinatura do contrato e início imediato das atividades. Importante lembrar que o candidato também deve comprovar ser titular de conta corrente na Caixa Econômica Federal, sendo indeferidas contas poupança ou conjunta.  

Além da convocação publicada ontem, segue a avaliação de documentação, bem como a divulgação dos profissionais habilitados no credenciamento para profissionais de saúde para atuação em UTIs e enfermarias Covid-19. O chamamento emergencial foi realizado de 06 a 08 de março, contemplando especialidades de níveis médio e superior para atendimento aos novos leitos destinados ao tratamento da doença. Até o momento, 347 nomes foram publicados no Diário Oficial desde segunda-feira, 8, para convocação. Os demais aprovados serão convocados de forma gradativa, mediante demanda nas unidades de saúde.