Prefeitos dizem confiar no 2º turno com Eliton e preveem virada na reta final

Aliados participaram nesta semana da sétima reunião de estratégia e mobilização 

Divulgação

Na sétima reunião de estratégia e mobilização de lideranças da base aliada na disputa ao governo de Goiás, nesta quarta-feira (19/9), prefeitos e integrantes da base afirmam confiar decisão da eleição para governador em 2º turno e na vitória do governador Zé Eliton (PSDB), candidato à reeleição.

Na ocasião, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores ressaltaram, como premissas para a vitória, a força do legado de Marconi e a competência administrativa de Zé Eliton.

Os encontros estabeleceram os próximos passos da campanha até o 1º turno das eleições no dia 7 de outubro. Prefeitos de todos os cantos de Goiás declararam e reforçaram o apoio a Marconi, Zé Eliton e à senadora Lúcia Vânia (PSB), candidata à reeleição. As reuniões tiveram a participação de prefeitos de partidos que compõem outras coligações.

É o caso da prefeita da cidade de Goiás, Selma Bastos (PT). “Sou professora de carreira e tenho orgulho de ser Marconi, porque ele valorizou a nossa profissão. Ele investiu na educação do Estado e não só isso, ele investiu em todas as cidades”, disse a prefeita petista, na reunião.

“Hoje a cidade de Goiás é um canteiro de obras graças ao Marconi e ao Zé. Marconi fez a nossa maior obra, que beneficiou a cidade em todos os sentidos, a duplicação da GO-070”, disse Selma. “Para todos os municípios ele mandou dinheiro na época em que todo o Brasil e todos os municípios estavam em crise, ele nos tirou do sufoco, por isso eu apoio mesmo, não tenho medo e grito que sou Marconi”, afirmou.

Também PT, mas com apoio declarado a Marconi Perillo e Zé Eliton, a prefeita de Diorama, Valéria Ferreira, contou que além de um milhão de reais que a cidade recebeu do Goiás na Frente para investir em várias áreas, outros benefícios também foram levados por Marconi e Zé. “Não é só o Goiás na Frente, são vários outros programas que melhoram nossas cidades, Diorama foi sinalizada pelo “Goiás Sinalizado”, a cidade não tinha sinalização e hoje está lá bonita e toda sinalizada, por isso eu não troco o certo pelo duvidoso, estou com Marconi no Senado e Zé Eliton governador”, disse.

Afrânio Filho (MDB), prefeito de Fazenda Nova, também está com Marconi e Zé. “Eu tenho certeza que Marconi no Senado vai continuar trabalhando pelos municípios goianos. Estou com ele porque eu pedi um asfalto de oito quilômetros e fui atendido. Inclusive do Goiás na Frente, Fazenda Nova tem 2 milhões de reais que eu estou recapeando as ruas da cidade”.

Marconi encerrou a reunião agradecendo o apoio de todos e declarando que vai continuar trabalhando, como sempre fez, por Goiás, tanto ele no Senado, quanto Zé Eliton no Governo para dar continuidade a tudo o que foi feito pelos municípios, independente do partido que esteja à frente da cidade. “Se eu cheguei até aqui, é porque tenho amigos e companheiros fortes, nosso trabalho e a luta de vocês em cada canto do Estado”.

Confiantes na virada

Jayme Rincón, que coordena a parte política da campanha, afirmou, na ocasião, que o clima é mesmo de virada, por causa da “força de Marconi Perillo, Zé Eliton e da base”. “Nós prevíamos exatamente isso. Goiás não tem histórico de eleição decidida no primeiro turno. Quando a base do governo, tanto na capital quanto no interior, fosse a campo, nós sabíamos que haveria esta virada”, disse. “O segundo turno já está garantido e o governador deve encerrar com uma votação expressiva o primeiro turno. E nós vamos completar esta virada no segundo turno”, afirmou, ainda.

Outro coordenador da campanha da base, Jalles Fontoura, avaliou que o salto alto do adversário favorece o trabalho da base: “Aí é que terá segundo turno. Em eleição não tem nada pronto, acabado, tudo está aberto. Nossa aposta é no trabalho, o eleitor define voto nos últimos 10 dias. Estamos todos mobilizados”. O objetivo é eleger os dois senadores e uma boa base de deputados no primeiro turno. “E aí, com toda esta potência eleitoral, com esta vitória na primeira fase, 20 dias depois, fazer a grande virada da política goiana”, afirmou.

Já o deputado estadual Júlio da Retífica (PTB) disse que em uma campanha difícil o mais importante é mesmo o engajamento. “Nós temos um exército que, na rua, faz diferença”, lembrou. “Nestes últimos 15 dias, o povo vai acordar que é preciso ter a responsabilidade de escolher os melhores. Não tenho dúvida que, nesta hora, Zé Eliton chega na frente”, previu.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.