Prefeito Paulo Garcia critica índices de violência e qualidade de saúde em Goiás durante evento

Petista disse que não existe política de regionalização da saúde pública no Estado e que “é inconcebível conviver com os altos níveis de criminalidade”

Prefeito Paulo Garcia:  “Serviço de coleta de lixo deve ser público”

Prefeito Paulo Garcia (PT)

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), não poupou críticas aos índices de violência e a qualidade de saúde em Goiás e no país durante a inauguração do novo ambulatório do Ciams do Setor Novo Horizonte, nesta terça-feira (5/8). O petista destacou que a demanda do eleitorado goiano para as próximas eleições de outubro são, justamente, estes dois pontos.

Segundo o prefeito, não existe uma política de regionalização da saúde pública no Estado. “Além deste problema, existe a importação de pacientes de outros Estados que vem até Goiânia buscar atendimentos especializados”, disse, exemplificando da seguinte forma: “Não faltam Unidades de Tratamentos Intensivos [UTIs] no município, faltam leitos nas cidades do interior, que encaminham seus pacientes para a capital”.

Quanto à violência urbana que aflige Goiânia e Região Metropolitana, o petista disse que “é inconcebível conviver com os altos níveis de criminalidade”. De acordo com estatística da Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP-GO), em junho deste ano a capital registrou o maior número de homicídios em sua história, com 77 mortes. Entre os meses de janeiro e junho, o número de homicídios chegou a 313 somente na capital, um aumento de 15% em relação ao mesmo período de 2013, quando foram registrados 266 assassinatos.

Ainda de acordo com Paulo Garcia, as instâncias públicas, tanto federal quanto estadual, devem ficar atentas às obrigações referentes à segurança dos cidadãos. “A questão da violência preocupa a sociedade de sobremaneira, não podemos conviver com esses níveis. Homens e mulheres de Goiás vivem momentos de ansiedade e revolta, vidas jovens são ceifadas pela onda de crimes”, disse.

Uma resposta para “Prefeito Paulo Garcia critica índices de violência e qualidade de saúde em Goiás durante evento”

  1. Mario Borges disse:

    Quero saber se ele já conseguiu tirar os lixos das ruas ,, moscas, baratas, formigas, urubus … também transmitem doenças, e Ele é medico, sabe disto. Marconi já liberou mais de 10 milhões de reais para Ele pagar os caminhões de lixo e até agora ….nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.