Prefeito Paulo Garcia presta contas com três meses de atraso

Pestista foi à Câmara de Vereadores de Goiânia para responder a questionamentos. Segurança pública e a atualização da planta de valores dominaram a pauta

Prestação de contas de Paulo Garcia foi realizada em sala anexa à da Presidência da Câmara | Foto: Marcello Dantas/Jornal Opção Online

Prestação de contas de Paulo Garcia foi realizada em sala anexa à da Presidência da Câmara | Foto: Marcello Dantas/Jornal Opção Online

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), esteve na Câmara Municipal para prestar contas de sua administração aos vereadores na manhã desta terça-feira (12/8). As informações se referiam ao primeiro quadrimestre deste ano. O encontro vem após cerca de três meses de atraso.

A demora, segundo ele, foi causada por uma “série de obstáculos” e de “momentos que a prefeitura e a Câmara vivenciaram”, como compromissos fora de Goiânia. “Isso não prejudica o andamento [dos trabalhos]”, relatou, diante de questionamento do Jornal Opção Online.

A segurança pública foi um dos temas que dominou os questionamentos, sobretudo pelo alto índice de mortes de mulheres jovens em Goiânia desde janeiro de 2014. Ao todo, foram registrados 40 casos, sendo 18 relacionados à suspeita de que um assassino em série estaria atuando na capital desde o início do ano. Para Paulo Garcia, transferir a responsabilidade do setor à prefeitura é um “equívoco”.

Cada vereador tem três minutos para fazer perguntas ao petista. O presidente da Comissão Mista da Casa, Paulo Borges (PMDB), dirigiu a reunião. Outros tópicos abordados foram o quadro de funcionários da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg); o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF); o pagamento da data-base aos servidores; a atualização da planta de valores do IPTU/ITU; e o reinício das obras do complexo de viadutos Mauro Borges, na Rua 88 com as Avenidas A e E e Marginal Botafogo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.