Prefeito Iris Rezende anuncia asfalto em 31 bairros da Capital, em 2020

Recursos somam R$ 780 milhões, que também poderão beneficiar outras obras em Goiânia

Iris Rezende | Foto: Lívia Barbosa | Jornal Opção

O prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), anunciou nesta sexta-feira, 29, que irá asfaltar 31 bairros da Capital em 2020. O projeto também inclui o recapeamento de ruas e avenidas desgastadas pelas chuvas. De acordo com ele, o projeto era da administração anterior com o Banco Andino e acabou indeferido pelas más condições financeiras.

“Tão logo adquirida a competência para receber aval do tesouro nacional, reiniciamos o processo e a Caixa salientou que era detentora da conta da prefeitura e ofereceu o financiamento com juros mais baratos. Formalizamos hoje o contrato”, contou.

Os recursos somam um total de R$780 milhões, que o prefeito pretende não desperdiçar. “Não vamos ocupar todo recursos. Achamos que há questões mais urgentes que as que constam no processo original”, mas ainda não soube informar em quais outras obras seriam utilizados.

“Estamos iniciando asfalto de 31 bairros que surgiram nos últimos anos em Goiânia. Por que quando deixei a prefeitura pela ultima vez, anunciei que todos os bairros seriam asfaltados. De lá para cá surgiram mais, então estamos iniciando essas obras aí de urgência que vamos atacar. O que não for de urgência, vamos suspender”, declarou.

Sobre quando as obras iniciam, Iris afirmou que o projeto já está em licitação e que as obras devem começar em 2020. “Vamos permitir um número considerável de empresas, porque são muitos serviços. São, ao todo, 600km de  ruas e avenidas que receberão esse benefício. De forma que a concorrência vai permitir a participação de tantas empresas quanto necessárias. Tudo para ser feito no próximo ano.”

Moradia

Ao ser questionado se o recurso poderia ser utilizado em moradia, o prefeito considerou a hipótese. “Vamos estudar. O primeiro item para dar dignidade é a casa própria. Goiânia é a única cidade com mais de 1 milhão de habitantes que não tem favela. Deixo a modéstia de lado para dizer que a minha paixão, desde meu primeiro mandato de prefeito, foi construir casas para os pobres. O Setor Universitário e tantos outros locais eram todos tomados de favelas, fomos construindo vilas por todo lado”, recordou o prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.