Prefeito do MDB diz que Daniel não terá nem 10% dos votos se for candidato ao governo

Fausto Mariano, de Turvânia, disse em evento de apoio a Caiado que o deputado federal “precisa ter mais humildade” e desistir de ser candidato

Prefeito Fausto Mariano, de Turvânia | Foto: Marcelo Gouveia / Jornal Opção

No evento organizado por prefeitos do MDB em Goiás para oficializar apoio à pré-candidatura de Ronaldo Caiado ao Governo de Goiás, na manhã desta terça-feira (20/3), um dos discursos mais radicais foi do prefeito de Turvânia, Fausto Mariano.

Ele se posicionou terminantemente contra a candidatura de Daniel Vilela ao governo e provocou o deputado federal: “Se este rapaz que está aí não tiver humildade e sair, terá 10% dos votos”, disse em relação ao presidente do MDB em Goiás.

O prefeito chegou a insinuar, inclusive, que a ala vilelista do partido seria próxima da base do governador Marconi Perillo (PSDB). A exemplo dos outros emedebistas que apoiam Caiado, ele também declarou que não pretende sair do partido.

O movimento da ala caiadista do MDB em Goiás é liderado pelos prefeitos Ernesto Roller (Formosa), Adib Elias (Catalão), Paulo do Vale (Rio Verde), Renato de Castro (Goianésia), além do deputado José Nelto. Eles querem que Daniel desista de ser candidato e que o MDB ocupe a vice de Caiado na chapa majoritária.

Evento desta terça (20) teve as presenças do senador Ronaldo Caiado e do deputado federal Delegado Waldir (PR).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Alex Sandro

Sou de Jataí GO, terra do Daniel Vilela, aqui não se fala outra coisa, que com o apoio dele para livrar o presidente ladrão, ele não tem votos nem em casa