Prefeito de Guapó agride cinegrafista da Record Goiás. Assista

Luiz Juvêncio foi preso, nesta terça-feira, por posse ilegal de armas

Reprodução/Facebook

Reprodução/Facebook

No mesmo dia em que foi preso por posse ilegal de armas, o prefeito do município goiano de Guapó, Luiz Juvêncio (PMDB), se envolveu em outra polêmica ao agredir um cinegrafista da Record Goiás.

Conforme relato do cinegrafista Bill Guerra, que gravou a agressão, o prefeito deixava a Delegacia Estadual de Repressão contra a Administração Pública (Dercarp), após pagamento de fiança, quando avançou para cima do profissional. (Veja vídeo abaixo)

“Ele estava saindo e tentou tirar a câmera de mim, com uma espécie de soco. O equipamento ficou danificado e minha mão ferida”, contou Bill Guerra ao Jornal Opção.

Luiz Juvêncio foi preso na manhã desta terça-feira (19/4), depois que agentes da Polícia Civil de Goiás encontraram três armas de calibre permitido pela legislação, porém sem documentação, na residência do prefeito.

A reportagem entrou em contato com o prefeito pela manhã, mas ele se recusou a falar com o jornal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.