Prefeito de Bela Vista volta de viagem a Paris para retomar cargo que havia sido ocupado por vice-prefeita

Euripedes do Carmo havia pedido afastamento para descanso. No entanto, Nárcia Kelly não foi avisada. Pré-candidata a deputada, ela alega estar sofrendo perseguição política

Nas redes sociais, campanha questiona internauta sobre situação na gestão de Bela Vista. Foto: Reprodução/Facebook

Nas redes sociais, campanha questiona internauta sobre gestão em Bela Vista. Prefeito e vice não conversam há nove meses. Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito de Bela Vista de Goiás, Euripedes José do Carmo (PSC), retornou ao cargo no início da tarde da última sexta-feira (2/5), pouco mais de dois dias depois da vice-prefeita Nárcia Kelly (PR) ter assumido o posto. É que ele havia enviado à Câmara de Vereadores um pedido de afastamento de 13 dias para que pudesse descansar em viagem com a família na cidade mais populosa da França, a capital Paris.

O requerimento foi aprovado, mas Nárcia não havia sido avisada formalmente pelo prefeito, já que ambos não conversam há um longo tempo –– segundo os cálculos da republicana, são nove meses. Euripedes garante que passou o recado para o presidente da Câmara, o vereador Rubens Rafael (PSDB). Em entrevista ao Jornal Opção Online nesta segunda-feira (5), o chefe do Executivo de Bela Vista justificou que não a avisou porque imaginou que sua vice não tomaria posse, já que era pré-candidata a deputada estadual. “Até tentei falar com ela, mas não consegui”, disse, complementando que viajou tranquilamente.

A situação causou um reboliço na cidade. A posse de Nárcia ocorreu de forma interina e improvisada no dia 27 de abril. Um dos seus primeiros atos no Paço Municipal foi exonerar três secretários e o procurador-geral. No feriado do dia 1° de maio, pedidos de exoneração em massa a surpreenderam: foram aproximadamente 90 servidores comissionados que saíram da prefeitura como forma de protesto.

Todos os trabalhadores que haviam pedido dispensa retornaram ainda na sexta-feira e estão trabalhando normalmente, de acordo com Euripedes.

Terrorismo e truculência

Detalhando que soube da situação por telefone, Euripedes interrompeu precocemente o tour pela cidade da luz e retornou a Bela Vista. Enquanto o prefeito apontou que Nárcia fez “terrorismo” na sede da prefeitura depois de sua posse, obrigando servidores concursados a saírem do prédio somente após revista policial, a vice relatou, por Facebook, que houve “truculência” no dia em que saiu do cargo. “Muitos de vocês estão ansiosos para saber como estou após a entrada do prefeito licenciado, de um deputado estadual e de um ex-secretário no gabinete da prefeita empossada, acompanhados de dezenas de servidores municipais e pessoas armadas”, relatou a política pela rede social.

Nárcia publicou ainda que precisou sair do prédio da prefeitura escoltada pela Polícia Militar para garantir sua integridade física.

Perseguição política

O entra e sai, conforme alegou a vice-prefeita, teria sido causado por suposta perseguição política feita por Euripedes e seu irmão, o deputado Luiz Carlos do Carmo (PMDB). Por ser pré-candidata a deputada estadual, Nárcia suspeita que ambos tiveram a intenção de inviabilizar sua candidatura, já que a Justiça Eleitoral a impediria de ser vice e ao mesmo tempo estar na disputa. Na opinião dela, o tempo para decidir se mantinha o projeto político foi curto. Menos de um dia. “Se ela não quisesse assumir era só mandar uma carta e o problema estaria resolvido, já que era pré-candidata”, pontuou.

A respeito disso, Euripedes relatou que nas eleições de 2010 apoiou o deputado federal Sandes Júnior (PP), inclusive com o aval de Nárcia. Posteriormente, a vice-prefeita teria aderido ao projeto de Magda Mofatto (PTB), o que não foi bem visto pelo prefeito. “Acho que você não está coerente [em apoiá-la]”, falou o prefeito. Na perspectiva dele, a parlamentar não direcionou recursos para seu município.

Euripedes afirmou que não pretende retornar à viagem, já que não tem mais confiança em sua vice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.