Prefeito de Aparecida de Goiânia recebe embaixador de Cuba

Diplomata foi à cidade para conhecer os médicos cubanos que atuam em Goiás por meio do programa Mais Médicos, do governo federal

Foto: Prefeitura de Aparecida de Goiânia / Wigor

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), e o secretário de saúde Edgar Tollini receberam na manhã deste sábado (24/2), o embaixador de Cuba Rolando González acompanhado de sua comitiva.

O grupo visitou a cidade goiana para conhecer os profissionais cubanos do Programa Mais Médicos, que atuam em Aparecida e outros municípios como Buriti Alegre, Pires do Rio, Caldazinha, Cromínia e outros. Cerca de 45 médicos participarem do encontro, realizado na sede do AparecidaPrev. Em Aparecida 10 médicos cubanos atendem na Atenção Básica pelo programa federal.

“Estamos recebendo com muito prazer a equipe de Cuba e representantes do Ministério da Saúde que coordenam o programa. Há alguns anos aqui em Aparecida recebemos médicos cubanos. O atendimento deles na nossa população é fantástico. Cuba é referência em atendimento médico. Somos um município hospitaleiro principalmente para aqueles que vem ajudar a cidade”, destacou o prefeito.

“Queremos agradecer a Aparecida pela hospitalidade e por contribuir com uma saúde pública de qualidade, cuidar dos nossos profissionais que são especialistas em medicina familiar e integral à saúde. A Atenção Básica é a base de toda rede de saúde”, ressaltou o embaixador Rolando Gonzalez.

O Programa Mais Médicos foi iniciado em Aparecida no final de 2013. Vários profissionais já passarem pelas Unidades Básicas de Saúde e a população tem dado um feedback positivo à gestão em relação aos médicos cubanos e outros intercambistas.

“Essa união é muito importante para todos os municípios brasileiros. O programa completa este ano cinco anos. Eles são formados em cuba e vem para o Brasil prestar o serviço, e é a população que se beneficia com essa cooperação com um atendimento médico de qualidade e humanizado. Cuba exporta médicos para mais de 100 países”, salientou o secretário de Saúde Edgar Tollini.

O coordenador de Estratégia de Saúde da Família, Gustavo Assunção, organizou o encontro e por acompanhar o trabalho deles de perto nas unidades, fez questão de avaliar de forma positiva o desempenho dos médicos. “Os profissionais cubanos são integrantes fundamentais na atenção primária de Aparecida. Eles promovem com excelência a prevenção de doenças, solucionam os possíveis casos de agravos e direcionam os casos graves para outras especialidades médicas”.

Mais Médicos – O Programa Mais Médicos (PMM) é parte de um amplo esforço do Governo Federal, com apoio de estados e municípios, para a melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de levar mais médicos para regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais, o programa prevê, ainda, mais investimentos para construção, reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBS), além de novas vagas de graduação, e residência médica para qualificar a formação desses profissionais.

Assim, o programa busca resolver a questão emergencial do atendimento básico ao cidadão, mas também cria condições para continuar a garantir um atendimento qualificado no futuro para aqueles que acessam cotidianamente o SUS. Além de estender o acesso, o programa provoca melhorias na qualidade e humaniza o atendimento, com médicos que criam vínculos com seus pacientes e com a comunidade.

A Referência Técnica do Ministério da Saúde em Goiás, responsável pelo programa, Elaine Mendonça, contou que a atenção básica ganhou outra forma depois da vinda dos Mais Médicos. “Eles vêm com uma missão, a de atende bem, a de acolher e trazer a comunidade para perto, além de trabalhar com prevenção e resolver a maior parte dos problemas que chegam nas unidades, sem precisar encaminhar”, pontuou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.