Prefeito dá prazo de 60 dias para solucionar problemas ou Imas pode fechar, diz controlador

Em reunião recente, Iris teria dado ultimato: “Ou arruma, ou demite todo mundo, ou fecha o Imas”

Audiência Pública debate os problemas do Imas | Foto: Marcelo do Vale

Os problemas que cercam o Instituto Municipal de Assistência Social  (Imas), plano de saúde dos servidores municipais, foram debatidos em audiência pública realizada na tarde desta segunda-feira (5/3) na Câmara Municipal de Goiânia.

O encontro foi um pedido do vereador Elias Vaz (PSB) para discutir temas como um possível convênio entre o instituto municipal e o Ipasgo, plano dos servidores do Estado, e a autonomia do Imas, atualmente presidido por nome indicado pelo Paço.

Participaram da audiência o presidente do Imas, Sebastião Peixoto, o secretário de finanças, Alessandro Melo, e o controlador geral do município, Juliano Gomes Bezerra.

Ao explicar a demora na liberação de recursos para pagamentos dos credenciados ao plano, o controlador disse que o problema está na falta de capacitação dos servidores do Imas. “Os processos iam e voltavam para a controladoria por três vezes porque havia falhas na instrumentalização dos documentos.”

Segundo Juliano, uma auditoria realizada em fevereiro do ano passado identificou cerca de 20 irregularidades no instituto e, mesmo depois do prazo estabelecido, foi verificado que não foram cumpridos todos os itens.

O controlador afirma que participou de reunião com o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), e contou que o chefe do Executivo teria estabelecido um prazo de 60 dias para que todos os problemas relacionados ao Imas fossem solucionados.

“Pelo que vi, o prefeito não está com intenção de passar para o Ipasgo, porque ele se preocupa com aqueles que pagam menos (no Imas). Se essas pessoas vão ter condições de pagar lá (no Ipasgo). Ele disse: ‘ou arruma, ou demite todo mundo, ou fecha o Imas’, declarou.

Ainda de acordo com Juliano, foi montada uma força-tarefa para colocar os processos do Imas em dias. Um servidor da controladoria foi enviado ao instituto para orientar no preenchimento dos processos.

Deixe um comentário