Prefeito confessa ter atirado contra casa de vereador após discussão por WhatsApp

Ronaldo Parente diz estar arrependido e responderá o processo em liberdade

Foto: Reprodução

O prefeito de São Bento do Tocantins, Ronaldo Parente (PSDB), confessou ter efetuado disparos contra a casa do vereador, Adelsim Araújo (PP), na noite da última terça-feira, 9. Ronaldo prestou depoimento à Polícia Civil alegando ter pedido o controle, e disse estar arrependido.

O caso teve início após uma troca de insultos entre os dois políticos pelo whatsApp. A seguir, o prefeito foi até à casa de Adelsim, onde ele estava com os dois filhos, a sogra e uma cunhada, e disparou pelo menos dez tiros. O vereador conta que estava chegando ao local quando ouviu os tiros.

As balas entraram através do vidro de uma janela, acertando o armário da cozinha e uma cortina. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Foi aberto um inquérito para investigar o caso. O prefeito prestou depoimento, na última quinta-feira, 11, e foi liberado para responder em liberdade. Segundo Ronaldo, sua arma era registrada e ele resolveu jogá-la em um córrego após ter disparado contra a residência do vereador.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.