Prefeito afastado de Petrolina de Goiás obtém maioria dos votos em eleição suplementar

Nova candidatura também é alvo de ação na Justiça, portanto o resultado do pleito não será proclamado até que questão seja resolvida

Dalton Vieira é o candidato com maior número de votos em eleição suplementar | Foto: Reprodução

Os eleitores de Petrolina de Goiás, a 70km de Goiânia, voltaram às urnas neste domingo (1º/10) para escolha de novo prefeito e vice-prefeito.

Assim como há um ano, Dalton Vieira (PP) foi o candidato que recebeu a maioria dos votos. Desta vez, seu adversário era o atual prefeito em exercício, o presidente da Câmara Municipal Tiago Cigano (PCdoB). O político do PP recebeu 3.075 votos, enquanto Tiago Cigano registrou 3.048.

Apesar de terminadas as apurações, o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) informou na noite deste domingo (1º) que não vai proclamar o resultado do novo pleito.

Isso porque a candidatura do Dalton para as eleições suplementares também foi impugnada por decisão da Justiça Eleitoral em primeira instância. Enquanto o recurso do candidato do PP não for julgado, o prefeito interino permanece no cargo.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou realização de novas eleições no município depois que Dalton teve registro de candidatura indeferido e foi declarado inelegível, após ter sido o candidato com mais votos em 2016.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.