Pré-candidato, Vanderlan discute eleições municipais com presidente do PSDB metropolitano

Em busca de alianças, Rafael Lousa tem se reunido com possíveis candidatos à Prefeitura de Goiânia

Reunião entre tucano e pessebista ocorreu nesta quarta-feira (20) | Foto: Divulgação

Reunião entre tucano e pessebista ocorreu nesta quarta-feira (20) | Foto: Divulgação

O presidente municipal do PSDB de Goiania, Rafael Lousa, tem buscado ampliar o dialogo com todos os partidos da base do governador Marconi Perillo (PSDB) com o intuito de manter abertas as possibilidades de alianças para o pleito de 2016 à prefeitura de Goiânia. Após receber o pré-candidato do PTB, Luiz Bitencourt, na noite da última terça-feira (20/1), foi a vez do presidente municipal do PSB, Vanderlan Cardoso, atender ao convite do presidente do PSDB de Goiânia.

Para Rafael Lousa, as reuniões com os candidatos têm como objetivo a união dos partidos em prol de uma solução de longo prazo para Goiânia, com desdobramentos também em 2018. “Temos analisado cenários e conjunturas com os pré candidatos e mostrando a importância da nossa União em favor de Goiânia que já sofre a muitos anos com as administrações desastrosas do PMDB e PT”, explica.

Na oportunidade, Varderlan Cardoso se disse aberto ao dialogo e não descartou possíveis alianças. “Iremos aguardar o resultado das prévias no PSDB e estamos abertos ao diálogo, não só com o PSDB, mas com todos os partidos de oposição à gestão formada pelo PT e PMDB”, pontuou o pré-candidato.

Rafael Lousa lembrou da sinergia que existe entre PSDB e PSB nacionalmente e também em nível estadual, reiterando que uma aliança municipal dependerá de maior diálogo e do resultado das prévias tucanas, que ainda é incerto.

Apesar disso, o presidente metropolitano avaliou como satisfatória a conversa com o pessebista.Na ocasião, Vanderlan também voltou a reforçar sua candidatura ao Paço, mas ponderou que não irá para “nenhuma aventura”. O presidente do PSDB do município, por sua vez, também confirmou que o partido terá candidato próprio e que buscará alianças estratégicas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.