Pré-candidato ao Senado da base de Caiado precisa ser definido, diz Danúbio Cardoso

Chapa governista conta com cinco nomes: Delegado Waldir, Alexandre Baldy, Zacharias Calil, Lissauer Vieira e Luiz do Carmo

O projeto de reeleição do governador Ronaldo Caiado (UB) conta com cinco pré-candidatos ao Senado, Delegado Waldir (UB), Alexandre Baldy (PP), Zacharias Calil (UB), Luiz do Carmo (PSC) e Lissauer Vieira (PSD), correndo por fora, mas podendo também se juntar ao time, está o deputado federal João Campos (Republicanos). No entanto, há indefinição de quem oficialmente será o nome do governo para disputar a única vaga para a Casa, neste ano. Para o advogado Danúbio Cardoso, a demora nessa escolha se torna ruim para quem já está “na estrada a muito tempo” para disputar o cargo. 

Nessa celeuma, anteriormente, o nome principal era do ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), que anunciou a desistência em concorrer ao Senado por Goiás, para disputar candidatura em São Paulo. O especialista defende que o primeiro critério para a escolha do senadoriável seria saber quem realmente quer disputar a vaga, na sequência, quem já está na “fila a mais tempo”.   

“Dentro do cenário, o Delegado Waldir) tem a maior votação, ele vem de quase 300 mil votos para deputado federal, elegendo, inclusive , o Vitor Hugo no quociente eleitoral, carregando dois deputados, dois em um, com esses 300 mil votos, que são quase 10% do eleitorado, tanto que nas pesquisas ele bate nos mesmos 9% que votaram nele”, aponta. Em relação ao deputado Delegado Waldir, Cardoso destaca ainda o trabalho dele no processo que resultou na formação do União Brasil (PSL e DEM).

Uma resposta para “Pré-candidato ao Senado da base de Caiado precisa ser definido, diz Danúbio Cardoso”

  1. Avatar Arquivaldo disse:

    Definir logo pra gente saber o tamanho qie vai ser o racha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.