Governo Estadual orienta passo a passo para alunos da rede pública fazerem a solicitação. Estudantes que faltaram ao exame de 2019, por exemplo, devem apresentar justificativa

Foto: Reprodução

Com prazo de solicitação de isenção da taxa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) encerrando nesta sexta-feira, 17, o Governo Estadual orienta como os estudantes da rede pública devem proceder para não pagarem a taxa.

Para que nenhum estudante do último ano do ensino médio perca esse prazo ou não consiga efetuar essas ações no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) orientou todas as unidades educacionais a auxiliarem seus alunos no que for preciso.

Todos os estudantes que estejam cursando o 3° ano em escolas da rede pública têm direito à isenção de taxa para participar do exame. O valor da taxa de inscrição, neste ano, é de R$ 85. Já a justificativa de ausência é obrigatória a todo participante que obteve a isenção de taxa em 2019, mas não compareceu às provas.

De acordo com a superintendente de Ensino Médio da Seduc, Osvany Gundim, e a superintendente de Educação Integral, Márcia Rocha, cada escola deve entrar em contato com seus estudantes e acompanhar, mesmo a distância, o processo de inscrição no Enem.

“Muitos estudantes que perdem o prazo de solicitar isenção deixam de fazer a prova mais tarde por não ter condição de pagar a taxa”, explicou Osvany Gundim. Por isso, as escolas da rede estadual têm sido direcionadas a mobilizarem os seus alunos, divulgarem os prazos e prestarem assistência.