Postura inadequada no ‘home office’ pode provocar e agravar lesões

Dores na coluna, agravamento de lesões como a hérnia de disco e surgimento de inflamações como a tendinite podem ocorrer devido à má postura no trabalho 

Médico ortopedista Maurício Morais | Foto: Reprodução

A pandemia da Covid-19 provocou mudanças em todos os âmbitos da vida em sociedade e transformou a rotina de muitos profissionais, que passaram a trabalhar em home office. Muitas vezes sem o espaço adequado em casa, as pessoas improvisam mesa, cadeiras ou até mesmo o sofá se transforma em estação de trabalho.

A falta de um local apropriado, em que seja possível se sentar em uma cadeira adequada e confortável, posicionada em uma mesa com a altura correta e espaço ideal para a disposição dos braços, pode provocar dores na coluna, agravar lesões que já existiam, como a hérnia de disco, e resultar no surgimento de inflamações, como a tendinite.

“As dores na coluna são as que mais se agravam em decorrência da postura inadequada no home office, porque além da cadeira e mesa inapropriadas, o profissional tende a se sentar de maneira mais informal, com a postura relaxada, por estar em casa. Muitas vezes, também perde o controle do tempo e passa horas seguidas em frente ao computador, sem dar aquela pausa para tomar um café e caminhar um pouco, como costumava fazer no ambiente de trabalho”, explica o médico ortopedista Maurício Morais.

Ideal é que a cadeira consiga deixar a coluna mais reta possível, com a região da lombar sempre apoiada no encosto

O profissional ressalta que o ideal é que a cadeira consiga deixar a coluna mais reta possível, com a região da lombar sempre apoiada no encosto; o computador posicionado na altura dos olhos, e os braços devem ficar esticados sobre a mesa. É recomendável pausa a cada uma ou duas horas para uma breve caminhada pela casa e, se possível, fazer alongamento. “Os exercícios físicos diários são fundamentais para evitar as dores, o aparecimento ou agravamento de lesões”, acrescenta.

A fotógrafa Luciana Lombardi tem protusões na coluna, nas regiões da lombar e toráxica. Por recomendação médica, fazia exercícios regulares em academia, com acompanhamento de professor de educação física. Com a paralisação das academias em virtude da pandemia, não conseguiu manter os exercícios físicos em casa, e passou a sentir dores na coluna.

O problema tem se agravado porque a profissional agora passa mais tempo trabalhando sentada. “Antes eu andava muito, fotografando em eventos, e agora trabalho mais de casa, sentada. Sinto que a falta dos exercícios físicos somada à postura do home office, que pode estar inadequada, tem contribuído para o aumento das dores”, relata.

Maurício salienta que quando as dores ainda estão leves é possível tratá-las com a readequação da postura e exercícios que o paciente pode fazer em casa, sob orientação médica. “Já quando o quadro é de dor mais forte, o paciente provavelmente precisará ser medicado e, em alguns casos, deverá passar por sessões de fisioterapia”, explica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.