A última semana de setembro foi de intensa movimentação no Republicanos, tanto a nível estadual quanto federal. No dia 26 daquele mês, em reunião com as principais lideranças da legenda, ficou decidido que Roberto Naves assumiria o diretório estadual no lugar de Hildo do Candango, e esse, por sua vez, iria para o lugar de Jeferson Rodrigues na Câmara Federal, após o pastor se licenciar do mandato. No entanto, mais de um mês depois, apenas uma das partes do combinado se cumpriu.

Enquanto Naves foi anunciado pelo próprio Marcos Pereira – presidente nacional – como o novo dirigente estadual do Republicanos no mesmo dia da reunião, a prometida licença de Rodrigues, que inclusive envolveu um acordo com o presidente da Emater e primeiro suplente Rafael Gouveia, ainda não aconteceu.

Conforme apurado pelo Jornal Opção na época, o parlamentar deveria se licenciar no último dia 1º de novembro, o que não aconteceu. Nesta quinta-feira, 9, à reportagem, Hildo revelou que sua posse no mandato de deputado deve acontecer somente no dia 1º de dezembro.

“Por motivos pessoais dele”, disse Hildo sobre o adiamento por parte de Rodrigues para se afastar temporariamente do mandato.

Leia também:

Hildo do Candango assume mandato de deputado federal no lugar de Jeferson Rodrigues; veja o anúncio

Roberto Naves assume Republicanos em Goiás