Por segurança, Inhotim é evacuado após rompimento de barragem

Visitantes e funcionários foram obrigados a deixar o museu

À esquerda, foto do Museu do Inhotim. À direita, a região de Brumadinho, após rompimento da barragem, mas o museu não foi atingido. Foto: Reprodução

O Instituto Inhotim teve que ser evacuado no início da tarde desta sexta-feira (25), por determinação do Corpo de Bombeiros, após o rompimento de uma barragem da companhia Vale.

Visitantes e funcionários foram obrigados a deixar o museu, localizado no município de Brumadinho, em Minas Gerais. Segundo a assessoria de imprensa do parque, a lama de rejeitos não chegou ao local.
O Instituto recebe em média 35 mil visitantes por mês. 

A Vale informou que os rejeitos atingiram a área administrativa da companhia e parte da comunidade da Vila Ferteco. Ainda não há confirmação se há feridos.

https://twitter.com/inhotim/status/1088831223982710786

Museu

O Instituto Inhotim é a sede de um dos mais importantes acervos de arte contemporânea do Brasil e considerado o maior centro de arte ao ar livre da América Latina. Está localizado em Brumadinho (Minas Gerais), a apenas 60 quilômetros de Belo Horizonte.

A instituição surgiu em 2004 para abrigar a coleção de Bernardo Paz, empresário da área de mineração e siderurgia, que foi casado com a artista plástica carioca Adriana Varejão, e há 20 anos começou a se desfazer de sua valiosa coleção de arte modernista, que incluía trabalhos de Portinari, Guignard e Di Cavalcanti, para formar o acervo de arte contemporânea que agora está no Inhotim.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.