Por investidas de Adib, DEM e MDB podem romper em Catalão

Relação entre presidente do Democratas da cidade, Luiz Gustavo Sampaio, e prefeito estremeceu por conta da liderança do partido

Luiz Gustavo Sampaio e Adib Elias | Foto: Divulgação

Com representantes do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) e do Democratas (DEM) em pé de guerra, a cidade de Catalão enfrenta um impasse com relação à aliança dos dois partidos. A situação, ainda em fase de conversas, tende ao rompimento.

A ruptura começou a tomar forma depois que o prefeito Adib Elias (MDB) tentou interferir na presidência do DEM no município do pré-candidato a deputado estadual Luiz Gustavo Sampaio. Adib, inclusive, chegou a oferecer secretarias ao dono de cartório na cidade na tentativa de avançar sobre o partido na cidade.

Em entrevista ao Jornal Opção, Luiz Gustavo confirmou a possibilidade de rompimento. Ele alega que a indefinição existe pelo fato da prefeitura ainda não ter definido qual candidato irá apoiar na cidade. “Estamos aguardando esse posicionamento. Está difícil”, admitiu sobre a questão. Reuniões, ainda esta semana, podem definir a situação.

De acordo com ele, porém, a investida não altera sua corrida ao cargo na Assembleia. “Já estou definido e não temos abertura para negociatas”, bradou.

Até então, Adib estava bancando a candidatura de Luiz Gustavo. A disputa abalou a relação pessoal entre os dois, e Mauro Sampaio, pai de Luiz Gustavo, também entrou no embate.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.