Por determinação liminar, UFG irá reintegrar professora de Direito demitida por abandono de funções

Defesa alega que a docente Cláudia Helena não teria abandonado o cargo. UFG afirma que irá acatar a decisão

Cláudia Helena | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

Em decisão liminar proferida nesta quinta-feira, 19, a Justiça determinou a reintegração da professora Cláudia Helena Nunes Jaco Gomes, ao quadro de professores da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Goiás (FD-UFG). A docente foi demitida da instituição no último dia 12, em portaria que a notificava sobre abandono intencional de suas funções.

No pedido de urgência, a defesa alega que apresenta provas de que não houve abandono de cargo. A decisão da Justiça suspende provisoriamente a portaria  que consolidou a decisão, mas pode ter ser revista após análise completa do caso, o que deve acontecer apenas em 2020.

Segundo a UFG, a instituição irá seguir a determinação liminar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.