Por determinação do Ministério Público, Casa de Acolhida será reformada

Segunda unidade deve ser inaugurada em dezembro

Foto: Reprodução

A Casa de Acolhida Cidadã (CAC), localizada no Setor Campinas, em Goiânia, passará por reforma neste mês de dezembro. A solicitação de melhorias partiu do Ministério Público de Goiás (MP-GO,) que constatou a necessidade de intervenções na infraestrutura do prédio. Ao Jornal Opção, o titular da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), Robson Azevedo disse que a unidade municipal de acolhimento tem cumprido todas as determinações do MP.

“Tivemos uma reunião no MP para acertar os detalhes sobre a reforma. Foi uma visita de trabalho, onde ficou acertado que vamos instalar câmeras de segurança para combater vandalismo e realizar melhorias estruturais. Não houve atuação ou algo assim. Eles vêm fazendo apontamentos, cobrando melhorias e temos atendido à tudo. Somos parceiros”, explicou o titular da Semas.

Sobre as instalações da unidade, o secretário explicou que o prédio sofre com o vandalismo, o que dificulta sua adequação. “Entendemos que a reforma é necessária e somos parceiros do MP, agradecemos e acatamos todas as sugestões e apontamentos. No entanto, temos problemas como o furto de lâmpadas e depredação da estrutura. Pretendemos sanar esse problema com a instalação de câmeras, que já está prevista na reforma”, afirmou.

De acordo com a Semas, o material para as obras já foram empenhados e os trabalhos iniciarão em breve. A previsão para a conclusão da reforma é de 90 dias. Para atender à população também está prevista para este mês a entrega da Casa de Acolhida II, localizada no setor Universitário. O prédio já esta sendo mobiliado e receberá famílias e mulheres. Com isso, a casa I será destinada ao acolhimento de homens solteiros.

A CAC tem como objetivo abrigar temporariamente, famílias e adultos em situação de rua; aqueles que estão em trânsito: migrantes e imigrantes, e pessoas que não possuem vínculo familiar identificado no Município de Goiânia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.