Por causa do coronavírus, Saúde determina protocolo para velórios e sepultamentos

Caixão de vítimas do Covid-19 deverão ser lacrados. Apenas familiares mais próximos e sem sintomas estão autorizados a participar da despedida

Medida tem objetivo de proteger população contra o novo coronavírus/ Foto: Reprodução

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) determinou novos protocolos para a realização de velórios e sepultamentos, em especial, se a razão da morte foi por coronavírus. Os corpo deve ser transferido ao serviço funerário o mais rápido possível. Antes do translado, familiares mais próximos poderão se despedir, desde que evitem contato físico e que estejam protegidos com equipamentos de segurança.

Goiânia, que ainda não teve óbitos pelo novo coronavírus, publicou uma portaria e que determina que os cemitérios Jardim da Saudade, Parque Vale da Paz e Santana funcionem normalmente de 7h às 17h, mas com escalonamento de horário e redução de equipes. As salas de velórios poderão funcionar, desde que sigam as recomendações da Anvisa com número reduzido de pessoas.

“A partir do momento que fica constatada a contaminação, informaremos essa equipe que já tem ciência, que irá monitorar e acompanhar os procedimentos ocasionados”, informou o secretário municipal de assistência social Mizair Lemes Júnior. Em caso de vítimas de Covid-19, o caixão deverá estar lacrado. Familiares mais próximos e que não apresentem sintomas poderão participar do velório e sepultamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.