Por cargo em Ministério, PT negocia com Flávio Dino a entrega de suplência do Senado à Dilma Rousseff

Cargo à ex-presidente seria em troca da chefia de um ministério, caso Lula vença a disputa presidencial

Tanto a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, quanto os ex-presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, estiveram reunidos com o governador do Maranhão, Flávio Dino, para discutir possíveis articulações a partir das eleições deste ano. A principal, seria a possibilidade de, caso eleito, Flávio Dino entregar a suplência do Senado à Dilma Rousseff em troca da chefia em um ministério, caso Lula seja vitorioso na disputa presidencial.

Para o publicitário e especialista em marketing político, Janiel Kempers, essas articulações serão normais. “Essas conversas serão normais até ‘véspera de eleição’, Lula precisa consolidar uma base forte no congresso nacional e nada melhor que ter fiéis aliados ao seu lado.”, afirma. No entanto, Janiel enxerga pontos negativos nessa articulação.

“Apesar de Flávio Dino não ser do PT, o discurso dele no senado em favor de Lula é mais enérgico do que o de Dilma. Trocar Flávio por Dilma no senado, é um tiro no pé”, alerta. Tanto Lula quanto Dino divulgaram imagens do encontro nas redes sociais. No entanto, a ex-presidente Dilma Rousseff não aparece nas imagens, já que pois necessitou deixar a reunião mais cedo. 

Uma resposta para “Por cargo em Ministério, PT negocia com Flávio Dino a entrega de suplência do Senado à Dilma Rousseff”

  1. Avatar Irapuan disse:

    Pura articulação para ludibriar o povo brasileiro. Nas ultimas eleições os brasileiros de Minas Gerais negaram a Dilma uma cadeira no Senado. A única vantagem da presença dela no Congresso seria enriquecer o folclore político com tiradas pouco ou nada inteligentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.