Por atitude homofóbica, Vasco pode perder três pontos no brasileirão. Entenda

Juiz da partida relatou em súmula que ouviu a torcida vascaina gritar “time de veado” em ataque ao São Paulo

Foto: Reprodução/Internet

Após vencer o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro, o Vasco avançou três pontos na tabela geral de classificação. No entanto, os pontos poderão ser subtraídos caso o clube seja penalizado em tribunal. Acontece que o juiz da partida, Anderson Daronco, relatou em súmula que ouviu a torcida vascaina gritar “time de veado” em ataque ao São Paulo durante o segundo tempo do jogo. 

A polêmica será levada ao tribunal em função das novas regras da CBF de combate à homofobia. Segundo o Superior Tribunal de Justiça Deportiva (STJD) o clube poderá responder perante ao artigo 243-G do Código Disciplinar. Ele prevê a perda de até três pontos em caso de atitudes homofóbicas. 

O relato da arbitagem diz que que aos 17 minutos do segundo tempo houve canto vindo da arquibancada da torcida do Vasco que dizia: “time de viado”. E continua: “Aos 19 minutos do segundo tempo, a partida foi paralisada para informar ao delegado do jogo e aos capitães de ambas as equipes a necessidade de não acontecer novamente e para informar no sistema de som do estádio o pedido para que os torcedores não gritassem mais palavras homofóbicas”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.