Patrícia Oliveira, de 32 anos, que havia desparecido na noite do último domingo, 26, foi encontrada na tarde desta segunda-feira, 27, na casa do ex-companheiro em Goianira a 40km da capital. A mãe da vítima, Marineide Oliveira havia comparecido à Delegacia de Polícia Civil de Mozarlândia para registrar ocorrência. A vítima foi resgatada na região de Goianira.

A mulher saiu de casa, e não foi mais vista. Em busca de informações, a própria família fez buscas por Araguapaz e compartilhou o sumiço nas redes sociais em busca de notícias. Os parentes já suspeitavam do envolvimento do homem no desaparecimento.

Inconformado com o fim do relacionamento, o suspeito ameaçava a vítima. Com medo, a mulher mudou para a casa da mãe, por temer pela sua vida e integridade física. A vítima foi casada durante 19 anos com o homem e teve dois filhos.

No local foi encontrado água e uma marmita | Foto: PM

Segundo o Tenente Arantes da Polícia Militar, o ex-companheiro criou um perfil falso em um aplicativo de relacionamento e se passou por outra pessoa para conseguir conversar com a vítima. Com isso, o homem marcou um encontro e sequestrou a ex-companheira, que foi levada para a casa do homem, onde foi mantida em cárcere privado. A mulher foi ameaçada e agredida.

O suspeito foi preso em flagrante pela Polícia Militar e está na Delegacia de Polícia de Goianira. Ele deve responder por sequestro, cárcere privado e lesão corporal.