Polícia pede prisão preventiva de homem que atirou em ex-esposa

Foragido, José Paulo da Silva Ribeiro, de 29 anos, ainda não foi localizado pela PC. Equipes o procura em Goiânia e em Uruaçu, onde vive sua família

Arquivo

O homem que atirou na ex-esposa na tarde da última quinta-feira (21/9), no Setor Bueno, em Goiânia, está foragido. Responsável pelo caso, a titular da Delegacia Estadual da Mulher, Ana Elisa Gomes, já pediu a prisão preventiva do suspeito, mas ainda é necessário que a Justiça conceda o mandado.

De qualquer maneira, José Paulo da Silva Ribeiro, de 29 anos, ainda não foi localizado pela Polícia Civil. O homem não possui contatos em Goiânia e, por isso, a corporação já iniciou diligências na cidade de Uruaçu, onde reside a família do suspeito.

Aleudiane Coimbra de Sousa, de 29 anos, foi atingida pelo companheiro por cinco disparos e socorrida pelo Corpo de Bombeiros. Gravações de uma câmera de segurança mostram o momento em que ela foi baleada enquanto saía do trabalho.

No vídeo, é possível ver o momento em que a vítima é abordada pelo atirador. Ela se assusta, desce da motocicleta que pilotava e tenta correr pela calçada. Aleudiane ainda tenta fugir dele por duas outras vezes até que ele desfere os disparos contra ela e foge em seguida. José Paulo deve responder por tentativa de feminicídio.

No hospital, em estado regular e sem risco de morte, Aleudiane falou à polícia que não via o companheiro desde o dia 7 de setembro, quando ela pôs fim ao relacionamento dos dois. “Ela confirmou que ele não aceita o término. Além disso, era agressivo e possessivo”, contou a delegada ao Jornal Opção nesta sexta.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.