Polícia prende três pessoas por assassinato de radialista em Edealina

Um menor também foi apreendido. Mais informações serão concedidas durante coletiva

A Polícia Civil de Goiás anunciou na manhã desta sexta-feira (9/2) a prisão de três pessoas envolvidos na morte do radialista Jeferson Pureza, da cidade de Edealina, interior do Estado. Um menor também foi apreendido.

As prisões integram a Operação Nuntius, deflagrada para investigar as circunstâncias da morte do profissional. Mais informações serão concedidas durante entrevista coletiva, ainda durante a manhã desta sexta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.