Polícia prende traficante que se disfarçava de entregador de comida por aplicativo

Após investigação, Polícia Civil notou que, apesar de percorrer a cidade de Luziânia com uma caixa de aplicativo nas costas, motoqueiro não fazia retirada de pedidos em bares ou restaurantes da cidade

Polícia apreende drogas e dinheiro com falso entregador de aplicativo / Foto: Reprodução

A Polícia Civil de Goiás (PCGO), por meio do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Luziânia, prendeu na última terça-feira, 25, um homem que se disfarçava de entregador do aplicativo de comida para entregar drogas na cidade.

Com a colaboração da 1ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Luziânia, o Genarc identificou e monitorou o falso entregador de aplicativo. Durante a investigação, foi registrado intenso movimento de pessoas na residência e várias saídas do investigado em sua motocicleta com uma caixa de entregas.

A investigação policial apurou que o homem saia com a caixa, mas não buscava encomendas em restaurantes. Diante da suspeita de que ele estaria utilizando a caixa do aplicativo como disfarce para entregar drogas, os policiais do Genarc, com apoio da 1ª DDP, o abordaram e com ele foi encontrada uma porção de maconha dentro da caixa.

Na casa do investigado foram encontradas outras porções da droga, além de porções de crack, balança de precisão e valor em dinheiro. O falso entregador foi autuado em flagrante por tráfico de drogas e recolhido na unidade prisional de Luziânia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.