Polícia prende mandante da chacina de Leopoldo de Bulhões

Executor da chacina se entregou na última sexta-feira, 4, acompanhado de advogado

A Polícia Civil, em parceria com o Grupo de Investigações de Homicídios de Anápolis e com a Delegacia de Vianópolis, prendeu nesta segunda-feira, 14, a Luiza Nery Vieira Ricardo, 19, suspeita de ser a mandante da chacina de Leopoldo de Bulhões. O crime resultou na morte de três pessoas no início da noite do último dia 02. A motivação do crime estaria relacionada a questões familiares.

O crime ocorreu em uma propriedade rural por nome de Fazenda Esperança, cuja entrada estaria localizada a cerca de 800 metros do Trevo de Leopoldo de Bulhões, atrás do Posto Siri Cascudo, a esquerda, sentido Povoado do Cruzeiro do Bom Jardim, município de Silvânia. Dentre as vítimas estão: o padrasto Denismar Ricardo; a companheira de Denismar, Suzana Vilefort e a enteada de Denismar e filha de Suzana, Jéssica Vilefort. Uma quarta vítima do sexo feminino, foi baleada na mão e sobreviveu.

Ainda, conforme a corporação, o autor da execução do crime Thiago Tavares Pimentel, 44, se entregou à polícia, acompanhado de um advogado, na madrugada da última sexta-feira, 4, na cidade de Alexânia. No dia anterior, Policiais Militares do Tático de Alexânia haviam localizado no interior da residência dele munições de diversos calibres e um simulacro de arma de fogo. A companheira dele havia sido conduzida para a cidade de Anápolis, para prestar depoimento. Na madrugada do dia seguinte, o acusado se entregou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.