Polícia prende grupo suspeito de aplicar golpes envolvendo compra e venda de imóveis

Os criminosos usavam documentos falsos fingindo ser donos de lotes

Os integrantes de uma associação criminosa que aplicava golpes envolvendo compra e venda de imóveis foram presos pela Polícia Civil do Estado de Goiás. O grupo formado por dois homens e uma mulher, usavam uma procuração pública falsa para negociar lotes em Bela Vista.

Dois componentes da associação criminosa, Jhone Vaz da Silva e Wellingthon Vilela de Jesus foram presos em flagrante, em Bela Vista. Ao serem abordados pela polícia, Jhone e Wellingthon usavam a procuração pública falsa, feita pela terceira integrante do grupo que até então não tinha sido identificada.

Com mais informações, a polícia identificou Juciene Pinto Luz, terceira integrante da associação criminosa, que se passava pela proprietária dos lotes utilizando o RG falso. Assim, a equipe concretizou sua prisão.

As investigações foram feitas por meio do Grupo de Repressão a Estelionatos e outras Fraudes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Gref/Deic).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.