Polícia prende casal suspeito de aceitar bebê como moeda de pagamento de dívidas com o tráfico

Mediante a intermediação de terceiros, jovem de 15 anos é suspeita de entregar criança para quitar pendências

| Foto: Maurício Bazílio/ GERJ

A Polícia Civil do Estado da Paraíba prendeu um casal suspeito de aceitar um bebê como moeda de pagamento de uma dívida de drogas. O caso ocorreu em Belém — município localizado a pouco mais de 100 km de João Pessoa (PB). As investigações apontam que o casal pode ter aceitado a criança de seis meses para quitação das pendências da mãe — uma jovem de 15 anos.

Os presos negam que isso tenha ocorrido. Segundo informações do portal de notícias Extra, o delegado responsável pelas investigações, Hugo Lucena, da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em Guarabira, atestou que os envolvidos passarão por audiência de custódia.

O Extra divulgou também que a criança foi registrada em fevereiro sem o nome do pai. No entanto, em julho, um novo registro foi realizado, porém, já em nome de José Roberto. A criança foi entregue ao conselho tutelar e passará por exames de DNA.

O delegado destaca que as investigações apontam para uma possível dívida de drogas da mãe que, mediante a intermediação de terceiros, pode ter aceitado entregar a criança para quitar suas pendências.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.