Polícia indicia três suspeitos de matarem homem com golpes de concreto em Goiânia

Caso ocorreu em setembro; imagens de câmeras de vigilância do setor mostram vítima sendo agredida a socos e pontapés antes de ser atingida por concreto

Polícia apresentou suspeitos nesta terça-feira (22) | Foto: Reprodução

Polícia apresentou suspeitos nesta terça-feira (22) | Foto: Reprodução

Os suspeitos do assassinato de Geminiano Rodrigues Oliveira, de 67 anos, foram apresentados nesta terça-feira (22/11) pela Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) em Goiânia. O crime ocorreu no último dia 16 de setembro, às 5h40 da manhã e foi registrado por câmeras de vigilância do Parque Amazônia.

Nas imagens é possível ver a vítima sendo agredida a socos e pontapés por três homens. Enquanto Geminiano ainda se movia e tentava fugir do local, foi atingido por quatro golpes de um pedaço de concreto.

Cristiano Silva Oliveira, Paulo Ricardo Wassembauer e Gustavo da Silva Neves foram indiciados pelo homicídio. A equipe de investigadores da DIH iniciou as diligências logo após o crime e encontrou Cristiano próximo ao local. Preso em flagrante, ele confessou a participação no homicídio e indicou os outros dois autores, que também foram presos.

Durante os interrogatórios, os três homens apontaram diferentes motivações para o crime. Enquanto Paulo Ricardo disse ter sido ameaçado pela vítima, Cristiano e Gustavo alegaram que Geminiano teria denunciado Paulo Ricardo — suposto traficante da região — e por isso teria sido morto.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.