Polícia indicia empresária por atropelamento após discussão em distribuidora

Mulher jogou carro sobre vítimas e fugiu do local, mas foi encontrada e detida pela polícia em Nerópolis

A empresária Murielly Alves Costa, de 27 anos, foi indiciada por homicídio doloso após atropelar e matar Bárbara Angélica Barbosa, de 30 anos, na madrugada dessa quinta-feira, 21, em frente a uma distribuidora de bebidas no setor Jardim Pompéia, em Goiânia. A informação foi divulgada pela Polícia Civil, que esclareceu que além de responder pela tentativa de homicídio, a empresária responderá por ter tentado atropelar uma segunda vítima. Ela foi presa em flagrante em Nerópolis.

Segundo a Polícia Militar, uma discussão na distribuidora deu início a uma sequência de eventos que culminou no grime. A princípio, Bárbara pediu que Murielly deixasse o local, quando ela entrou no carro, deu ré e acabou atingindo uma mulher, de acordo com o depoimento de testemunhas no local. Logo em seguida, a vítima tentou impedir a fuga da motorista, mas acabou sendo atropelada. Imagens de segurança feitas no local mostram o momento em que a acusada avança com o carro de luxo para cima das vítimas.

As duas vítimas foram socorridas, mas Bárbara não resistiu e morreu ainda no local do acidente. A outra pessoa ferida foi encaminhada para um hospital e já teve alta.

Uma resposta para “Polícia indicia empresária por atropelamento após discussão em distribuidora”

  1. Avatar Vera disse:

    Tem q ser severamente punida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.