Polícia Federal prende presidente da Assembleia Legislativa

Julio Garcia vai cumprir prisão domiciliar. Seu codinome, no esquema de corrupção, era pai

Juscelino Goulart de Oliveira

Especial para o Jornal Opção

A Polícia Federal prendeu na terça-feira, 19, o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Julio Garcia, do PSD. Ele é investigado pela Operação Alcatraz. O deputado estadual teria participando de um esquema corrupto em contratos com o governo do Estado.

Júlio Garcia: presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina | Foto: Reprodução

Julio Garcia foi levado para a sede da Polícia Federal, mas vai cumprir prisão no regime domiciliar, por causa da Covid-19. Seu codinome no esquema de corrupção era “Pai”. O parlamentar, segundo a investigação, era dado a mordomias, inclusive tendo barco compartilhamento com o operador do esquema.

A Polícia Federal cumpriu 34 mandados de busca e apreensão e 20 mandados de prisão (11 preventivas e nove temporárias), entre três cidades, Florianópolis, Joinville e Xanxerê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.