Polícia Federal fiscaliza escolas de formação de vigilantes em Goiás

Foram checados, dentre outros pontos, o cumprimento dos devidos cursos de formação, bem como as exigências firmadas pela legislação vigente. Neste formato, ação é pioneira no país

Foto: Reprodução

A Polícia Federal (PF) realizou nos últimos dois dias a operação Formação Legal com o objetivo de fiscalizar escolas de formação de vigilantes que realizam segurança privada. Foram checados, dentre outros pontos, o cumprimento dos devidos cursos de formação, bem como as exigências firmadas pela legislação vigente.

De acordo com a PF, neste formato, a operação é pioneira no país. A primeira etapa de fiscalização contou com cerca de dez policiais federais e resultou na vistoria de seis escolas de formação de vigilantes em Goiânia. Vale lembrar que, ao todo, o Estado conta com dez unidades de fiscalização e segurança.

Os agentes verificaram também o cumprimento de exigências como carga horária do curso, instalações físicas das escolas, credenciamento dos instrutores, frequência, antecedentes criminais e laudos psicológicos dos alunos.

Na segunda etapa, ocorrida na sede da Superintendência da PF em Goiás, 40 vigilantes em atividade foram submetidos à avaliação escrita, com questões relativas aos cursos de formação, reciclagem e extensão. O objetivo, segundo a PF, é informar quanto à qualidade dos cursos por eles realizados, bem como a regularidade dos procedimentos adotados pelas escolas goianas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.