Polícia Federal faz operação contra desvio de mais de R$ 9 milhões no SUS

Agentes cumprem dois mandados de prisão e sete de busca e apreensão no Rio de Janeiro

Foto: Reprodução.

Na manhã desta quinta-feira, 24, a Polícia Federal (PF) realiza a Operação Garrote, que investiga o desvio de mais de R$ 9 milhões do Sistema Único de Saúde (SUS). Os agentes cumprem dois mandados de prisão e sete de busca e apreensão no Rio de Janeiro. As ordens judiciais foram expedidas pela 1ª Vara Federal Criminal do estado.

Segundo informações da PF, as investigações apontaram para uma suposta contratação fraudulenta de um laboratório pelo município de Magé para a execução de exames laboratoriais.

“Há indícios da participação de pessoas ligadas à Secretaria Municipal de Saúde e também de um vereador do município de Magé, que seria o real proprietário do referido laboratório”, informou a PF.

Os envolvidos devem responder pelos crimes de dispensa ilegal de licitação, fraude em licitação, peculato, falsidade ideológica e organização criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.