Polícia Federal deflagra operação de combate a caça de animais silvestres, em Goiás

Policiais cumprem mandados de busca e apreensão nas cidades de Campinorte e Mara Rosa

Foto: Reprodução/Internet

A Polícia Federal, com apoio da Polícia Civil de Goiás (PCGO), deflagrou na manhã desta sexta-feira, 18, a operação Terceira Lei de Newton, com o objetivo de combater a prática de crime ambiental de caça de animais silvestres ameaçados de extinção.

Cerca de 10 policiais, civis e federais, dão cumprimento a dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Uruaçu, nas cidades de Campinorte e Mara Rosa.

A investigação, desencadeada através de fotos que circularam nas redes sociais, teve origem a partir de um Termo Circunstanciado de Ocorrência do dia em dezembro de 2019 registrado pela pela Polícia Civil de Uruaçu.

O documento se refere à morte de uma onça suçuarana – também conhecida como onça-parda – na propriedade de um ex-prefeito da cidade de Campinorte, que teria afirmado, à época, que o animal em extinção teria sido atacado e morto pelos cães da sua propriedade rural.

Há indícios, contudo, de perfuração de projétil de arma de fogo na pele da onça-parda, razão pela qual já foi determinada a realização de perícia. O investigado poderá responder por crime ambiental contra a fauna, com pena de 2 anos de detenção e multa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.