Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de anabolizantes

Grupo enviava produtos de origem estrangeira e sem registros na Vigilância Sanitária pelo Correios de Goiânia para vários estados do Brasil

Antes de enviar o produto, grupo dissimulava embalagens, fingindo que eram frascos de óleos de frutas | Foto: Polícia Federal Piauí

A Polícia Federal deflagrou, nesta sexta-feira (3/2), a Operação Veneno, com o objetivo de combater o contrabando e comércio ilegal de anabolizantes. Segundo a polícia, um grupo, que atuava em sete estados, vendia produtos de origem estrangeira, de procedência ignorada e também sem registros na Vigilância Sanitária e os enviava pelo Correios de Goiânia.

Para dissimular o produto ao postá-lo na agência, a quadrilha usava frascos de óleos de laranja, cravo, abacate, entre outros. Os pacotes foram enviados para Santa Maria (RS), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Santa Rita (PB), São Leopoldo (RS), Porto Nacional (TO), São Paulo (SP), Parnaíba (PI), Erechim (RS), Camocim (CE) e Joinville (SC).

Em Goiás, estão sendo cumpridas 25 ordens judiciais expedidas pela Justiça Federal de Aparecida de Goiânia. 12 delas são mandados de busca e apreensão e 13 são de condução coercitiva. 70 policiais federal atuaram na operação.

Os investigados devem responder por contrabando, falsificação de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, com penas que variam de dez a quinze anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.