Polícia Federal deflagra operação contra pornografia infantil em Goiás

Agentes cumprem 41 mandatos em oito estados para apreender material envolvendo crianças e deter suspeitos de divulgação das fotos e vídeos pela internet

Essa é a segunda fase da Operação | Foto: Polícia Federal

Essa é a segunda fase da Operação | Foto: Polícia Federal

Com o objetivo de combater a distribuição de material pornográfico envolvendo crianças, a Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (22/10), a segunda fase da operação “Gênesis”. Os policiais cumpriram 41 mandados de busca e apreensão em oito estados, incluindo Goiás, para apreender material relacionado ao armazenamento e divulgação de imagens e vídeos de pornografia infantil e deter suspeitos de divulgação de fotos e vídeos pela internet.

A primeira fase foi deflagrada no início de setembro e resultou em uma apreensão grande de material envolvendo a pornografia infanto-juvenil. Foram, no total, 39 mandados de busca, 11 prisões em flagrante e três adolescentes encaminhados à justiça especializada. Os crimes investigados preveem penas que podem chegar a seis anos de reclusão e multa.

Nesta etapa, os mandados foram cumpridos além de em Goiás, no Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pernambuco,  Rio Grande do Norte e Roraima, com envolvimento de cerca de 160 policiais. As investigações foram feitas pelo serviço de Inteligência da Polícia, que trabalhou para identificar os usuários que distribuíam o material por redes sociais, serviços de e-mail e de armazenamento de arquivos.

A Gênesis é coordenada pela Unidade de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil na Internet (URCOP) e a Polícia deve divulgar os números da operação no fim do dia. Entre os dados, estará a quantidade de pessoas presas em flagrante.

*Com informações da Política Federal 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.