Polícia Federal concluiu que Michel Temer atuou para obstruir investigações

Relatório elaborado pela PF foi entregue na tarde desta segunda-feira (26) ao Supremo Tribunal Federal

Presidente Michel Temer (PMDB) / Foto: José Cruz/Agência Brasil

O relatório final da Polícia Federal (PF) sobre a relação do presidente Michel Temer (PMDB) com a JBS, foi entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde desta segunda-feira (26/6). No documento a PF concluiu que o presidente atuou para embaraçar investigações e que o presidente deixou de comunicar as autoridades sobre suposta corrupção de membros do Judiciário e do Ministério Público. A informação é da Folha de São Paulo.

A polícia afirma que Temer atuou “por embaraçar investigação de infração penal praticada por organização criminosa, na medida em que incentivou a manutenção de pagamentos ilegítimos a Eduardo Cunha, pelo empresário Joesley Batista, ao tempo que deixou de comunicar autoridades competentes de suposta corrupção da Magistratura Federal e do Ministério Público que lhe fora narrado pelo mesmo empresário”.

No pedido de abertura de inquérito feito ao Supremo, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que Temer deu anuência para a compra de silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha e seu operador Lucio Funaro, ambos presos.

O procurador-geral afirmou que, na conversa, Temer ouviu de Joesley que o ex-presidente da Câmara estava sendo pago para não falar nada e sobre o assunto respondeu: “tem que manter isso, viu?”, o que seria um aval.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sergio

Enquanto se apura o óbvio contra o Temer, o país está paralizado. A maioria dos setores da economia, principalmente, os de prestação de serviços, estão parados. Temer deceria ter sido impedido de assumir o governo juntamente com a Dilma. Comprovada a roubalheira em todos escalões da república, qualquer coisa que se faça agora é tardio e contraproducente para os milhões de brasileiros que estão desempregados ou em vista de.
Até quando vamos viver nesta balbúrdia desenfreada?