Polícia fecha cassino clandestino em São Paulo com Gabigol, MC Gui e mais 200 pessoas

Além de ilegal, o estabelecimento desrespeitava o decreto estadual que restringe festas e aglomerações

A Polícia Civil de São Paulo fechou, no início da madrugada deste domingo, 14, um cassino clandestino que funcionava em um bairro nobre da cidade. No local havia cerca de 200 pessoas, entre elas o jogador de futebol Gabigol e o cantor de funk MC Gui.

Segundo a polícia, Gabigol foi encontrado embaixo de uma mesa do cassino.

Todas as pessoas que estava no local foram detidas e encaminhadas para a Delegacia de Crime Contra a Saúde Pública. No local, Gabigol e MC Gui assinaram um termo se comprometendo a prestar depoimento futuramente e foram liberados.

“Tanto a contravenção de jogo de azar quanto artigo 268 de saúde pública somados são crimes de menor potencial ofensivo. As pessoas não ficam presas em flagrante. Eles em concordando em participar de todos os atos judiciais requisitados, há substituição da prisão em flagrante pelo termo circunstancial”, explicou o delegado Eduardo Brotero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.