Polícia faz buscas em Ceres por jovem desaparecido após roubo de carro

Após assalto, criminosos decidiram levar Murilo Ramos, de 25 anos, no carro roubado em direção a Anápolis. Lá, houve troca de tiros e criminosos morreram. Neste momento, Murilo já não estava no carro e ninguém sabe seu paradeiro. PCGO trabalha com hipótese de ocorrência do crime de roubo com restrição à liberdade da vítima

Murilo Ramos de Souza , 25 anos, desaparecido desde sábado, 27 / Foto: Reprodução

Cerca de 30 policiais civis e bombeiros militares das regiões de Goiás, Anápolis e Ceres, realizam buscas pelo jovem Murilo Ramos de Souza , 25 anos, desaparecido desde sábado, 27.

O jovem deixou o município de Itapuranga e se dirigiu para a cidade de Ceres, onde chegou às 22h15 horas do mesmo dia. Lá, Murilo acabou se tornando vítima de roubo. Os assaltantes tomaram o veículo IX35 e mantiveram o jovem no carro durante o trajeto de Ceres até a cidade de Anápolis.

Ao chegarem em Anápolis, os assaltantes foram mortos em confronto com a polícia. No entanto, não havia qualquer vestígio de Murilo no carro em porte dos criminosos. A Polícia Civil trabalha com hipótese de ocorrência do crime de roubo com restrição à liberdade da vítima

De acordo com os policiais envolvidos na investigação, as buscas realizadas no último sábado, 3, foram concentradas em zonas de mata na região do Posto da PRF de Jaraguá. Também foram realizadas varreduras pela região de Jaranápolis e Pirenópolis, haja vista que haviam informações de que Murilo teria sido solto pela região.

Em nota, a Polícia Civil informou que prosseguirá com os trabalhos de investigação e que conta com o auxílio da população por meio do registro de denúncias no telefone 197.

O inquérito policial será transferido do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Itaberaí para a Delegacia de Polícia (DP) de Ceres, cidade onde foi registrado o desaparecimento do jovem.

Na delegacia do município, o inquérito ficará a cargo do delegado Matheus Costa Melo, que optou por não conceder entrevistas até se inteirar de todas as diligências já efetuadas e traçar novas estratégias de investigação.

Também participam das buscas equipes de mergulhadores do Corpo de Bombeiros e cães farejadores treinados em salvamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.