Polícia está convencida sobre autoria de assassinato em boate de Goiânia

Tráfico de drogas pode ter relação com homicídio de jovem de 23 anos

A Polícia Civil acredita que o assassinato de um jovem de 23 anos em uma boate em Goiânia pode estar relacionado ao tráfico de drogas. O crime aconteceu na madrugada do último domingo (12/6), durante a festa de uma academia na casa noturna, localizada no Setor Jardim Atlântico, na capital. Raycá Fernandes Albino foi alvejado no braço e no rosto.

Conforme informações da Polícia Civil, o principal suspeito é Gustavo Mendes, de 20 anos. O jovem chegou a ir à Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios na manhã desta terça-feira (14), mas não conseguiu prestar depoimento, pois o delegado responsável pelo caso estava em diligência fora da unidade.

No local, o suspeito falou com a imprensa e negou qualquer ligação com o crime, mas, segundo a assessoria da Polícia Civil, não restam dúvidas para os investigadores quanto à autoria do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.