Polícia desbarata laboratório de fabricação de “loló” em Aparecida de Goiânia

Depois de receber informações através do Disque Denúncias, a polícia encontrou apetrechos para fabricação de drogas

Apetrechos para fabricação da droga, que tem como base éter e clorofórmio | Foto: Divulgação / 42º BPM-CPC

Na manhã de sábado, 30, a equipe tática do 42º Batalhão da Polícia Militar (BPM) deteve um homem de 26 anos que produzia em casa a droga popularmente conhecida como “loló”. Além de equipamentos para a fabricação da substância à base de clorofórmio e éter, o homem que reside no setor Jardim Luz, em Aparecida de Goiânia, também possuía  23 comprimidos de ecstasy. 

O Comando do Policiamento da Capital (CPC) informou que a suspeita veio de informações recebidas via Disque Denúncias (62996289508). Segundo o  42º BPM/CPC, o detido confessou a produção e comercialização das drogas em festas. O material foi apreendido e o autor encaminhado ao 4° Departamento de Polícia de Aparecida de Goiânia e autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.