Polícia desarticula associação criminosa que comprava e vendia peças de veículos roubados

Dono de loja na Vila Canãa e três funcionários foram presos por associação criminosa, receptação qualificada e posse irregular de munição

Foto: Divulgação

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), deflagrou nesta quinta-feira (11/10) a Operação Fidúcia que desarticulou associação criminosa que atua na receptação, desmanche e comercialização de peças de veículos roubados.

Após as investigações, a polícia chegou a uma loja no setor Vila Canãa, em Goiânia, onde encontrou um veículo I30 Hyundai, que havia sido roubado em Brasília. Também foram identificadas peças de um veículo Prisma que também teria sido roubado.

O dono da loja e três funcionários estavam envolvidos no crime. Durante as investigação, a polícia descobriu ainda que os próprios funcionários também roubavam o dono da loja e revendiam as peças para terceiros.

Os quatro suspeitos foram presos e serão indiciados pelos crimes de associação criminosa e receptação qualificada. Na casa do dono do comércio, os agentes também encontraram munições de arma de fogo de uso permitido e ele também responderá pela posse irregular.

O delegado responsável pelo caso, Gustavo Rigo, ressalta que as ações da DERFRVA tem repercutido na redução dos roubos de veículos. “Nós tivemos uma redução de 80% nos roubos a veículos e hoje temos uma taxa de 90% de recuperação desses veículos roubados”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.